Marketing Digital de Resultados

A única que oferece GARANTIA DE RESULTADOS

Top tendências de marketing digital do 2º semestre de 2018

Maio está acabando e com a chegada de junho, chega também a reta final do primeiro semestre de 2018 no que diz respeito as tendências que se comprovaram verdadeiras ou não.

Nesses meses que já se passaram foi possível ver muita coisa acontecendo. Desde novas políticas e atualizações, até um grande escândalo na maior rede social do mundo.

Esse último fator também foi responsável por uma grande mudança de status quo no que é e não é considerado invasão de privacidade digital. Reverberando por todas as outras empresas grandes.

tendências de marketing digital

Desse modo, já é possível avaliar tudo o que passou, tanto o que deu certo e o que deu errado, para estimar quais serão as tendências de ferramentas, estratégias e sistemas dentro da área de marketing digital.

Informação muito importante para aqueles que começam a se planejar para o segundo semestre do ano. Confira:

Panorama SEO

Algumas mudanças bem importantes estão acontecendo nos bastidores do Google em relação ao algoritmo do seu sistema de busca.

Com isso, o SEO deve ter seus padrões alterados e caberá apenas se ajustar ao novo panorama. Algumas, inclusive, já até foram anunciadas ou começaram a ser implementadas.

Um exemplo é a diretriz “Mobile Index First”, que como o nome sugere dará prioridade para páginas que sigam certo padrões favoráveis ao mobile, como: imagens leves, parágrafos menores, uso de bullet points, usabilidade responsiva e etc.

Gestão de comunidades

Funciona basicamente como uma evolução do relacionamento mais próximo do consumidor. É saber gerir e participar ativamente do segmento/nicho de público com o qual a marca quer conversar.

Ambientes como Facebook e Linkedin já possuem ferramentas para isso, e alguns cases de marcas começam a surgir. Um trabalho de gestão desse é capaz de identificar oportunidades e influenciadores dentro da comunidade.

Realidade virtual

Outro tipo de estratégia e ferramenta que deve se tornar tendência não só no próximo semestre, mas também nos próximos anos.

O conceito geral é simples: aumentando a imersão, o consumidor terá experiências muito mais próximas da realidade.

O próprio Facebook já está investindo pesado nesse segmento, como foi anunciado na última edição do Facebook F8 (que ocorreu há algumas semanas). Além dele, o Youtube também já permite conteúdo em vídeo focado para o VR (Virtual Reality).

Conteúdo ao vivo, webinarios e afins

Popularmente chamadas de lives, esse tipo de conteúdo tem se tornado padrão entre youtubers ao redor do mundo.

Com isso, percebe-se um certo tipo de padrão entre influenciadores que se comunicam muito bem com seus públicos.

Além do Youtube, o Instagram e o Facebook também já implementaram essa possibilidade de comunicação ao vivo. Marcas começam a tirar proveito não só com influenciadores, mas palestras e workshops ao vivo.

Influenciadores digitais

Os números são toda a prova de que se precisa. Hoje, estudos mostram que 90% dos consumidores confiam mais em depoimentos e comentários vistos na internet e apenas 33% citam anúncios ao comentarem de seus processos de decisão de compra.

Contudo, é importante sempre lembrar que influenciador digital nem sempre é aquele com milhões de seguidores (até porque, a compra de seguidores é uma prática fácil, barata e comum).

É preciso identificar quem realmente conversa diretamente com seu público alvo e, acima de tudo, consegue ter a confiança dele. Um trabalho criterioso que precisa ser feito por um profissional ou empresa de marketing digital.

Vale a pena ficar de olho

Além das tendências citadas acima, existem algumas que apesar de ainda não terem se mostrado extremamente relevante podem acabar surpreendendo e se tornando uma nova sensação.

Vale a pena ficar de olho em:

  • Gadgets e acessórios inteligentes

Relógios, óculos, TVs, bolsas, canetas, geladeiras, etc. Tudo o que for considerado “smart” e por isso, possuir conectividade com a internet.

Esses produtos estão se tornando uma presença constante e em breve devem se tornar um belo campo para estratégias de marketing.

  • Digital out of home

Pense em mídia off-line digitalizada, ou seja, anúncios em outdoors digitais, telas em ônibus e estabelecimentos e qualquer outro conteúdo digital que fique em exposição pública.

  • Conectividade e integrações

Cada vez mais se torna essencial que tudo tenha conectividade com tudo. As integrações precisam acontecer de forma plena e natural.

Algo que o Facebook está se esforçando para fazer entre todos os serviços da companhia (Instagram, Whatsapp, VR, etc).

Share Button

Unic Digital 2018 | Todos os direitos reservados