Marketing Digital de Resultados

Mais fortes do que NUNCA

Facebook: Administradores poderão cobrar assinatura em grupos do Facebook.

Quer acessar o seu grupo preferido? Em breve, pode ser que você tenha que pagar para isso. A assinatura em grupos do Facebook visa aumentar o engajamento e o comprometimento dos integrantes.

Imagem representativa de um administrador de assinatura em grupos do Facebook

Como funciona a assinatura em grupos do Facebook?

O Facebook está testando uma nova função que permite a cobrança assinatura em grupos do Facebook para que os interagentes acessem conteúdos exclusivos. As taxas de assinatura serão cobradas para os participantes acessarem conteúdos exclusivos. Tendo em vista que esta prática já é comum, porém com o uso de ferramentas externas, a rede social organizará tudo em seu próprio sistema.

Se, após o período de testes, o novo recurso for disponibilizado de forma ampla para os usuários, os grupos já existentes não serão atingidos. Com isso, a cobrança de taxas será restrita apenas para grupos criados após o lançamento.

Em seu período de testes, a companhia americana está contando com alguns grupos exclusivos que já usam o sistema de assinaturas para membros. Nesse teste, a empresa revelou que as taxas de assinaturas variam entre US$4,99 e US$29,99 por mês (cerca de R$18 e R$113 em conversão direta). Com isso, fica claro que nascerá uma nova fonte de renda para muitas pessoas.

“Ouvimos de vários administradores que eles estão procurando maneiras de ganhar dinheiro para poderem se dedicar ao máximo com o envolvimento dentro da comunidade”, disse Alex Deve, diretor de produtos para grupos da Rede social. “Os grupos com assinatura foram criados para facilitar o fornecimento de conteúdos com alta qualidade pelos administradores, utilizando ferramentas internas para ele irão economizar tempo e se concentrar em criar mais matérias relevantes para os membros.”

Grupos pagos e o aumento das bolhas sociais

O Facebook, que teoricamente deveria aumentar o senso de humanidade comum entre as pessoas, fez crescer ainda mais polarização das comunidades, com a disseminação de fake news, a interferência russa e reforço das “bolhas de filtro” durante as duvidosas eleições dos Estados Unidos.

Para Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, a chave para alavancar a participação das pessoas em sua rede social é o engajamento em grupos, que são áreas públicas ou privadas onde indivíduos com interesses e desafios semelhantes se reúnem.

Como parte dessa novidade, o Facebook vem realizando frequentes pesquisas com os administradores de grupos para descobrir quais são seus principais problemas e tentar resolvê-los. Receber pagamentos sem o uso de ferramentas externas é um deles. Pois, até o lançamento das assinaturas, não havia formas de captar recursos dos membros. Dessa maneira, cada vez mais pessoas com ideias semelhantes se unirão em suas “bolhas sociais”.

O que mudará com as assinatura em grupos do Facebook?

Em pouco tempo, se você criar um grupo no Facebook, poderá cobrar uma taxa de seus membros e usar a assinatura em grupos do Facebook como sua única fonte de renda. Além disso, a cobrança pode ser extremamente útil para o público, pois ao tornar o conteúdo exclusivo afasta-se todos os participantes casuais e sem comprometimento. Segundo Deve, a cobrança de assinaturas já é prática comum entre administradores e membros, e isso torna mais fácil a aceitação do novo recurso pelos usuários.

“Muitos administradores já fazem isso hoje, criam um grupo secreto e adicionam somente membros aqueles que são assinantes, e para isso usam ferramentas externas. Até então, é necessário o uso de plataformas adicionais para acompanhar e cobrar os pagamentos”, escreveu Deve.

Agora, se o período de testes for bem sucedido, não será mais necessário o uso de softwares externos. Pois a própria plataforma do Facebook disponibilizará ferramentas para cobrar e acompanhar o status de cada integrante.

Nessa fase de testes, a assinatura em grupos do Facebook ainda atinge poucas comunidades, somente aquelas que foram selecionadas. Alguns dos temas dessas comunidades são:  ajuda na escolha da faculdade (voltado para pais de alunos do ensino médio); Conselhos de limpeza doméstica; preparação de refeições (que tem como objetivo auxiliar as pessoas a economizarem nas compras de alimentos).

Além disso, a rede social também anunciou que os usuários que utilizarem os sistemas operacionais iOS e Android receberão 30% de desconto no valor da assinatura, o que será dado ao usar as lojas dos respectivos sistemas.

Conclusão:

A rede social está inovando constantemente, o que torna a relevância dessa rede social crescente. Com certeza, no futuro, muitas pessoas terão assinatura em grupos do Facebook como suas fontes de renda. Isso cria uma nova possibilidade dentro mercado digital e demonstra o quanto ainda crescerá os negócios online.
Agora que você já está por dentro dessa nova função da rede social, veja como é a nova política de exclusão para anunciantes mal avaliados.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Unic Digital 2018 | Todos os direitos reservados